BRASILEIRO DE ENDURO FIM

Foto
Crédito: Divulgação MotoX

Bruno Crivilin permanece invicto na temporada

Redação MotoX.com.br - Fotos: Janjão Santiago, Rogério Leite, Renato Fernandes/Mundo Press, Sérgio G. e Divulgação PubliX 
 


Bruno Crivilin


O Estado de Goiás retornou ao calendário do Campeonato Brasileiro de Enduro após 16 anos com uma prova marcada pelo forte calor e muitas pedras. Foram dois dias de disputas com o Centro Cultural da cidade de Marzagão servindo de base aos pilotos e equipes. Líder da temporada, Bruno Crivilin (Orange BH KTM Racing) teve mais um fim de semana dominante nas categorias Enduro GP e E1, mantendo a invencibilidade na competição.
 


Vinícius Calafati


"Estou muito feliz por mais uma vitória na temporada, mantendo a invencibilidade no Campeonato Brasileiro e abrindo mais alguns pontos na liderança, estou com uma vantagem muito boa. Muito bom ter uma etapa em uma cidade diferente, nunca havia competido no estado de Goiás", destacou o capixaba. "Temos apenas mais duas provas pela frente na temporada, vou treinar para manter o ritmo e ser campeão".
 


Júlio Ferreira


Pela E2, Vinícius Calafati garantiu o melhor tempo assumindo a liderança do campeonato. "A prova aqui em Marzagão foi bem dura, com dois Enduro Testes bem longos e técnicos e um Cross Teste mais simples, em um circuito de curvas no pasto. Então o que definia mais era nos Enduro Testes, foi lá que decidi atacar desde o início. Consegui uma vantagem e me preocupei em mantê-la durante todo o primeiro dia pra finalizar na primeira colocação na minha categoria. No domingo usei a mesma estratégia e abri um pouco, mas tomei uma queda na segunda volta que tirou toda a minha vantagem. No final consegui a vitória", disse o paulista que foi também o segundo colocado na Enduro GP fazendo dobradinha com Crivilin, seu companheiro de equipe.
 


Nicolás Rodriguez


Júlio Ferreira (Honda Racing) terminou a rodada na segunda colocação da E2. "Eu consegui manter uma boa velocidade no primeiro dia e estava bem neste domingo, ganhando confiança para brigar pelas primeiras posições na Enduro GP, quando sofri uma queda no final que me tirou da disputa", avaliou o mineiro.
 


Patrik Capila


Companheiro de Júlio na equipe Honda, Nicolás Rodriguez acabou em segundo na E1. "Achei que foi bom o meu desempenho. A moto teve um ótimo rendimento e fiz bons tempos na minha categoria".
 


Vinícius Musa (ao fundo) com os companheiros da equipe KTM Sacramento


Entre os pilotos da EJúnior, para competidores de até 23 anos, Patrik Capila foi o destaque, conquistando também o terceiro lugar geral na Enduro GP. "Foi uma prova bem técnica, com especiais bem duras e longas. Cometi alguns erros que acabaram me custando segundos preciosos, mas consegui imprimir um bom ritmo e ser bem rápido", comentou o piloto da Yamaha O2BH Racing. 
 


Bárbara Neves


A segunda colocação na EJúnior ficou com Willian Lauers Dalmonech. O evento também marcou a volta de Vinícius Lopes, o Musa, piloto da equipe KTM Sacramento que não disputou as provas anteriores devido a uma lesão e desta vez conquistou o terceiro lugar. "No sábado eu larguei atrás, pois não tinha completado as primeiras etapas e a classificação do campeonato define a ordem de largada. Foi um pouco mais complicado, pois pegava poeira e pilotos pela frente nas especiais. Acabei levando um tombo por isso. Consegui andar bem, mas as especiais eram longas e meu físico ainda não está 100%, então sofri bastante no fim do dia", explicou o mineiro. 
 


Rômulo Bottrel


Outra disputa interessante ocorreu na EFeminina onde Bárbara Neves (Team Rinaldi) quebrou a invencibilidade de Maiara Basso. "Foi mesmo muito difícil, busquei dar o melhor de mim, tentando não errar, e consegui conquistar o primeiro lugar em ambos os dias. Minha primeira vitória na competição neste ano, ao lado da família e amigos, se tornando ainda mais especial. Sigo em segundo na classificação, com boas chances de título. Vamos pra cima", afirmou a goiana Bárbara.
 


Tiago Wernersbach


Para Maiara (KTM Sacramento) a prova foi a mais desafiadora da temporada. "Foi uma corrida diferente do que estou acostumada. Me assustei um pouco com as subidas e pedras das especiais, confesso que achei que nem conseguiria subir alguns dos morros, mas deu tudo certo e concluí os dois dias. Foi uma prova bem técnica, estava calor, exigindo bastante. Acabei errando, caindo algumas vezes e isso complicou um pouquinho o resultado, mas também procurei pensar no campeonato, para nós esta foi a terceira etapa e resta apenas uma. Sigo confiante e vamos com tudo para a final", destacou a gaúcha que acelerou uma KTM 250 EXC-F.  
 


Nielsen Bueno


Mesmo passando por dificuldades, Rômulo Bottrel (Yamaha O2 BH Racing) faturou mais uma vitória na E3. "Foi um final de semana bem complicado para mim. Desde o reconhecimento das especiais vi que seria bem difícil conseguir um bom ritmo, por causa da lesão no ombro. Me lesionei no início da temporada e vou ter que fazer uma cirurgia pra correção, mas vou esperar o final do campeonato. Pela lesão, pelo calor e pela dificuldade das trilhas, foi bem desafiador pra mim", explicou o líder da categoria.
 


Fernando Teixeira de Carvalho


Nas demais classes os vencedores foram: Tiago Wernersbach (E4 / Honda Moto Litoral), Nielsen Bueno (E35 / Husqvarna), Fernando Teixeira de Carvalho (E40 / Q4), Pélmio Simões (E45 / Yamaha O2 BH Racing), Marcos Benvenutti (E50 / Sócramento) e Roberto Theodoro (EAmador / Sócramento).
 


Pélmio Simões


A sexta e penúltima rodada do campeonato será realizada nos dias 4 e 5 de agosto em Farroupilha (RS). O Brasileiro de Enduro FIM 2018 é patrocinado por Rinaldi, Yamaha, ASW, Tech Ride, Edgers, MR Pro Braces, Jeri Aventure Ride, KTM Sacramento, O2BH Yamaha, Motorex e Sig Visual.
 


Marcos Benvenutti

 


Roberto Theodoro

 


Gustavo Pellin


Resultados (soma dos dois dias)

Enduro GP
 
1. Bruno Crivilin
2. Vinícius Calafati
3. Patrik Capila
4. Júlio Ferreira
5. Gustavo Pellin 

E1 
1. Bruno Crivilin
2. Nicolás Rodriguez
3. Diego Colett
4. Willian Palandi 

E2 
1. Vinícius Calafati
2. Júlio Ferreira
3. Gustavo Pellin
4. Victor Miranda
5. Maurício Rizzon 

E3
1. Rômulo Bottrel
2. Felipe Carlette
3. Felipe Legarrea
4. Rodrigo Corsi
5. Luiz Adriano Zanotto

E4 
1. Tiago Wernersbach 
2. Anderson da Luz 
3. Ronald Santi 
4. Marcos Souza 
5. Fernando Pereira 

EJúnior 
1. Patrik Capila
2. Willian Lauers
3. Vinícius Luis da Silva
4. Vinícius de Sá
5. Eduardo Xavier 

EFeminina 
1. Bárbara Neves 
2. Maiara Basso
3. Marcely Cazadini 

E35 
1. Nielsen Bueno
2. José Monteiro
3. Diogo Resende 

E40 
1. Fernando Teixeira
2. Adriano de Ávila
3. Kleber Nunes
4. Adriano Morales
5. Willian Meneses 

E45 
1. Pélmio Simões
2. Rodrigo Cavalini
3. Evandro Bozetti
4. Luiz Barbosa de Almeida
5. Maurício Fernandes 

E50 
1. Marcos Benvenutti
2. Paulo Cesar Ascenção 

EAmador 
1. Roberto Theodoro
2. Agenor dos Santos
3. Lucas Colombo
4. Rafael de Almeida
5. Wellington Rodrigues 

Classificação Geral do campeonato após cinco rodadas: 

Enduro GP 
1. Bruno Crivilin, 245 pontos 
2. Júlio Ferreira, 186 pontos      
3. Vinícius Calafati, 184 pontos   
4. Patrik Capila, 167 pontos 
5. Gustavo Pellin, 142 pontos 

E1 
1. Bruno Crivilin, 247 pontos   
2. Nicolás Rodriguez, 204 pontos 
3. Gabriel Soares, 150 pontos 
4. Diego Colett, 110 pontos   
5. Willian Palandi, 70 pontos  

E2 
1. Vinícius Calafati, 226 pontos
2. Júlio Ferreira, 222 pontos 
3. Gustavo Pellin, 192 pontos 
4. Victor Miranda, 174 pontos 
5. Mauricio Rizzon, 122 pontos 

E3 
1. Rômulo Bottrel, 244 pontos 
2. Felipe Legarrea, 200 pontos 
3. Felipe Carlette, 172 pontos 
4. Rodrigo Corsi, 99 pontos 
5. Lucas Marques, 40 pontos 

E4 
1. Tiago Wernersbach, 235 pontos    
2. Anderson da Luz, 207 pontos    
3. Ronald Santi, 178 pontos 
4. Fernando Pereira, 165 pontos 
5. Marcos Souza, 162 pontos  

EJúnior 
1. Patrik Capila, 243 pontos 
2. Vinícius de Sá, 204 pontos 
3. Willian Lauers, 191 pontos 
4. Washington Pereira, 98 pontos 
5. Vinícius Luis da Silva, 42 pontos 

EFeminina 
1. Maiara Basso, 144 pontos 
2. Bárbara Neves, 134 pontos 
3. Marcely Cazadini, 106 pontos 
4. Tainá Aguiar, 76 pontos 
5. Livia Batistine, 64 pontos

E35 
1. Diogo Resende, 217 pontos
2. Nielsen Bueno, 197 pontos 
3. Anderson Vieira, 135 pontos 
4. Igor Reolon, 100 pontos 
5. Tiago Bellaver, 88 pontos 

E40 
1. Fernando Teixeira de Carvalho, 206 pontos 
2. Adriano de Ávila, 166 pontos 
3. Sidnei Siquela, 119 pontos 
4. Cassiano Tebaldi, 100 pontos 
5. Fernando Spindler, 89 pontos 

E45 
1. Rodrigo Cavalini, 202 pontos
2. Pélmio Simões, 194 pontos 
3. Laurindo Filho, 173 pontos 
4. Maurício Fernandes, 171 pontos 
5. Evandro Bozetti, 88 pontos 

E50 
1. Marcos Benvenutti, 158 pontos 
2. Romeu Enrich, 103 pontos 
3. Milton Coelho, 76 pontos 
4. Levi Tesch, 50 pontos 
5. Fábio Campos, 50 pontos 

EAmador 
1. Gabriel Bellaver, 185 pontos 
2. Agenor dos Santos, 182 pontos 
3. Roberto Theodoro, 155 pontos
4. Lucas Colombo, 152 pontos 
5. Uiliam Brunetta, 80 pontos

foto

Autor:MotoX

Comentários :0

Deixe seu comentário