BRASILEIRO DE ENDURO FIM

Foto
Crédito: Rogério Leite

Bruno Crivilin domina rodada em casa e amplia vantagem no Brasileiro de Enduro FIM

Redação MotoX.com.br - Fotos: Rogério Leite e Renato Fernandes/Mundo Press, Divulgação PubliX e Janjão Santiago

Capixaba dispara na liderança das categorias E1 e Enduro GP
 


Bruno Crivilin


Aracruz (ES) sediou nos dias 9 e 10 a quarta rodada do Brasileiro de Enduro FIM 2018 recebendo os pilotos com um trajeto bem completo e variado. As especiais do percurso eram três: um Extreme Teste com grandes pedras e várias alternativas de traçado, um Cross Teste com saltos, costelas e piso compactado, e um Enduro Teste com trilhas entre os eucaliptos.

Bruno Crivilin (Orange BH KTM Racing) foi o grande destaque do fim de semana. Com vitória nas classes Enduro GP e E1, Crivilin disparou na classificação do campeonato em ambas. "Estou muito feliz por vencer os dois dias de prova e manter as lideranças do Brasileiro, mas principalmente por ser a minha primeira vitória em Aracruz", disse o capixaba. "Todo ano acontecia algum imprevisto, mas dessa vez correu tudo 100%. Foi muito empolgante ter todo o apoio de minha família, meus amigos e toda a torcida aqui de Aracruz, ver toda aquela multidão na beira da pista torcendo por mim foi algo que me deixou muito feliz".
 


Nicolás Rodriguez


Pela E1, Nicolás Rodriguez (Honda Racing) foi o segundo colocado e com o resultado assumiu a vice-liderança da categoria já que seu companheiro de equipe Gabriel Soares, o Tomate, caiu no sábado e não completou a prova.
 


Vinícius Calafati


Vinícius Calafati, companheiro de equipe de Crivilin, venceu na E2 e foi o segundo colocado da Enduro GP. "Nos dois dias cometi erros no começo da prova. No primeiro tive que lutar bastante para reverter o resultado, mas acabou dando certo. No segundo aconteceu a mesma coisa, acabei caindo na primeira especial e perdi muito tempo, cerca de trinta segundos, e tive que buscar a recuperação no decorrer do dia. Ataquei muito o tempo todo, em todas as especiais, mas deu tudo certo. Foi com certeza minha melhor etapa do campeonato, estou muito feliz", avaliou Calafati.
 


Júlio Ferreira


O principal rival de Calafati foi Júlio Ferreira (Honda Racing) que acabou no segundo lugar da E2. "Foi uma boa etapa, consegui manter a velocidade e aos poucos fui me acostumando com o terreno, que era bem escorregadio. No decorrer da prova, senti que estava evoluindo e ganhei confiança para acelerar ainda mais forte".
 


Gustavo Pellin


Completando o pódio da prova, Gustavo Pellin (KTM Sacramento) registrou o terceiro tempo da E2, mas poderia ter alcançando um resultado ainda melhor. "Forcei demais em uma especial e acabei errando no final. Faz parte", comentou o gaúcho que ocupa a mesma posição na classificação geral da temporada. "Foi uma prova muito bem organizada, as especiais divertidas e consegui andar muito bem no sábado. O fim de semana foi positivo, estou conseguindo me soltar mais com a moto, mesmo num terreno que não estou tão acostumado".
 


Rômulo Bottrel


Na E3, o mineiro Rômulo Bottrel liderou os dois dias. "Consegui mais dois importantes resultados pro campeonato, ataquei quando preciso e soube dosar bem na hora certa. Fico feliz pelo resultado, são pontos importantes na tabela de classificação", destacou o piloto da Yamaha O2BH Racing.
 


Patrik Capila


A equipe também comemorou o topo da categoria EJ com o capixaba Patrik Capila. "Não foi fácil o final de semana, foi um pouco complicado e tive alguns problemas no decorrer da prova, mas consegui atacar bem nas horas certas e estou muito feliz com o resultado. Venci os dois dias na minha categoria e no segundo dia fiquei em segundo lugar na EnduroGP, meu melhor resultado até aqui", explicou o líder do campeonato. 
 


Anderson da Luz

 


Ronald Santi

Na E4, Anderson da Luz (MXF) foi o mais rápido. "Andei concentrado, sem cometer erros e consegui faturar a etapa. Para mim, é uma honra andar de igual pra igual com pilotos e equipes reconhecidas", disse o catarinense.

Ronald Santi (Yamaha O2BH Racing) acabou a rodada na segunda posição da E4. "Foi uma prova bem dura e as disputas no fim de semana foram bem legais. Consegui andar bem durante toda a prova e tentei andar forte durante todo o tempo. Os pontos conquistados em Aracruz serão muito importantes para a disputa do campeonato", destacou o mineiro.  

Nas demais categorias, os vencedores da prova foram: Nielsen Bueno (E35 - Husqvarna Team), Fernando Teixeira (E40 - Q4), Pélmio Simões (E45 - Yamaha O2 BH Racing), Levi Tesch (E50) e Eduardo Xavier (EAmador).
 


Box da KTM Sacramento


A quinta etapa do Brasileiro de Enduro FIM está prevista para os dias 30 de junho e 1º de julho, em Marzagão (GO).

Vídeo:



Resultados do Enduro de Aracruz (soma dos dois dias)

Enduro GP 
1. Bruno Crivilin
2. Vinícius Calafati
3. Patrik Capila
4. Júlio Ferreira
5. Willian Lauers 

E1 
1. Bruno Crivilin
2. Nicolás Rodriguez
3. Edgar Schunck
4. Bruno Peter
5. Alef de Oliveira

E2 
1. Vinícius Calafati
2. Júlio Ferreira
3. Gustavo Pellin
4. Victor Miranda
5. Tiago Perigolo

E3 
1. Rômulo Bottrel
2. Felipe Carlette
3. Lucas Marques
4. Maurício Veloso
5. Felipe Legarrea

E4 
1. Anderson da Luz
2. Ronald Santi 
3. Tiago Wernersbach
4. Fernando Pereira 
5. Eder de Souza

EJúnior 
1. Patrik Capila
2. Willian Lauers
3. Vinícius de Sá
4. Leôncio Kruger
5. João Vítor de Freitas

E35 
1. Nielsen Bueno
2. Diogo Andrade
3. Helder Zucollto
4. Adriano Horst
5. Herculano Dias

E40 
1. Fernando Teixeira
2. Jober Zambaldi
3. Zico Gratieri
4. Sidney Siquela
5. José Aguiar Júnior

E45 
1. Pélmio Simoes
2. Laurindo Filho
3. Rodrigo Alcy
4. Anderson Genelhu
5. Maurício Fernandes

E50 
1. Levi Tesch
2. Milton Coelho
3. Antônio de Abreu
4. Luiz Croce
5. Aurelio Possati

EAmador 
1. Eduardo Xavier
2. Pedro de Abreu
3. Gabriel Bellaver
4. Agenor dos Santos
5. Lucas Colombo

Classificação do campeonato

Enduro GP 
1. Bruno Crivilin, 195 pontos 
2. Júlio Ferreira, 148 pontos  
3. Vinícius Calafati, 140 pontos  
4. Patrik Capila, 129 pontos
5. Rômulo Bottrel, 116 pontos

E1 
1. Bruno Crivilin, 197 pontos  
2. Nicolás Rodriguez, 160 pontos
3. Gabriel Soares, 150 pontos 
4. Diego Colett, 72 pontos  
5. André Dalsasso, 40 pontos  

E2 
1. Júlio Ferreira, 178 pontos 
2. Vinícius Calafati, 176 pontos 
3. Gustavo Pellin, 152 pontos 
4. Victor Miranda, 138 pontos 
5. Luis Oliveira, 100 pontos

E3
1. Rômulo Bottrel, 194 pontos 
2. Felipe Legarrea, 160 pontos 
3. Felipe Carlette, 128 pontos 
4. Rodrigo Corsi, 66 pontos 
5. Lucas Marques, 40 pontos

E4 
1. Anderson da Luz, 167 pontos  
2. Tiago Wernersbach, 160 pontos  
3. Ronald Santi, 138 pontos
4. Fernando Pereira, 133 pontos
5. Marcos Souza, 122 pontos 

EJúnior 
1. Patrik Capila, 193 pontos 
2. Vinícius de Sá, 168 pontos 
3. Willian Lauers, 149 pontos 
4. Washington Pereira, 98 pontos 
5. Leôncio Kruger, 36 pontos

EFeminina 
1. Maiara Basso, 100 pontos
2. Bárbara Neves, 84 pontos 
3. Tainá Aguiar, 76 pontos 
4. Marcely Cazadini, 66 pontos 
5. Livia Batistine, 64 pontos

E35 
1. Nielsen Bueno, 150 pontos 
2. Anderson Vieira, 135 pontos 
3. Igor Reolon, 100 pontos
4. Tiago Bellaver, 88 pontos 
5. Diogo Resende, 88 pontos

E40 
1. Fernando Teixeira de Carvalho, 156 pontos
2. Adriano de Ávila, 122 pontos
3. Sidnei Siquela, 119 pontos
4. Cassiano Tebaldi, 100 pontos 
5. Jober Zambaldi, 47 pontos

E45 
1. Laurindo Filho, 173 pontos 
2. Rodrigo Alcy, 155 pontos 
3. Pélmio Simões, 147 pontos 
4. Maurício Fernandes, 139 pontos 
5. Evandro Bozetti, 48 pontos

E50 
1. Marcos Benvenutti, 108 pontos 
2. Romeu Enrich, 103 pontos 
3. Milton Coelho, 76 pontos
4. Levi Tesch, 50 pontos 
5. Fábio Campos, 50 pontos

EAmador 
1. Gabriel Bellaver, 185 pontos 
2. Agenor dos Santos, 142 pontos 
3. Lucas Colombo, 115 pontos
4. Roberto Theodoro, 105 pontos 
5. Uiliam Brunetta, 51 pontos

foto

Autor:MotoX

Comentários :0

Deixe seu comentário